Em Português

Guia do Halloween Horror Nights para quem não é fã de terror

July 27, 2023
Guests in the Spirits of the Coven House HHN31

Eu não sou fã de terror. Não consigo assistir a filmes de terror. Não consigo assistir a programas de televisão assustadores. Eu diria que sou tão covarde quanto uma galinha, mas acho que as galinhas talvez sejam mais corajosas do que eu. Dito isso, estou aqui para dizer que o Halloween Horror Nights é o ponto alto do meu ano. Acontece que você não precisa amar terror para criar memórias incríveis lá e eu recomendo fortemente o evento tanto para fãs quanto para não-fãs de terror.

Meu amor pelo Halloween Horror Nights (ou “HHN”, como os fãs chamam) não é segredo entre meus amigos, colegas de trabalho, conhecidos e até estranhos aleatórios que me veem com uma das minhas camisetas do evento quando saio por aí. Eu vou ao evento há mais de duas décadas e cheguei a ir até 20 vezes em uma única temporada (uma saudação aos Frequent Fear Passholders que vão quase todas as noites! Vocês têm meu respeito!). Quando explico que não, não vi [insira o nome de algum filme de terror clássico que todos conhecem] porque tenho muito medo de assistir, sempre recebo olhares perplexos. O que esse evento assustador e mundialmente famoso teria a oferecer para alguém como eu?

Embora eu não ame terror, eu amo os parques temáticos do Universal Orlando Resort. Adoro me tornar parte da história, seja conversando com a Mystic Fountain no Islands of Adventure ou ajudando os heróis a salvarem o dia em minhas atrações favoritas. Adoro que os cenários, sons, cheiros e artistas acrescentam profundidade à história que estou pronta para descobrir. Como um evento sazonal, o Halloween Horror Nights fornece uma enormidade de novas histórias nas quais posso imergir a cada ano em casas, zonas de terror e shows. Novos personagens, novas interações, novas histórias de origem para explorar – uma ida nunca seria suficiente para apreciar plenamente a criatividade e engenhosidade que a equipe idealiza todos os anos. Cada caminhada por uma casa ou zona de terror é diferente e é muito gratificante comparar essas experiências após cada visita e se orgulhar de observar os detalhes. Como alguém que não gosta de terror, posso garantir que vale a pena se assustar só para ver as incríveis narrativas que se desenrolam nesse evento.

Além da experiência do evento em si, há a alegria absoluta de participar do HHN com amigos e familiares. O fluxo é o seguinte: enquanto você espera na fila de uma casa ou se aproxima de uma zona de terror, há excitação nervosa, inquietação e geralmente algumas piadas bobas para aliviar a tensão. Depois, há a emoção de vivenciar os sustos, ver os detalhes e se agarrar a seus companheiros – ah, e não se esqueça das gargalhadas histéricas quando eles se assustam! Quando você termina, há o alívio e a euforia pelo seu feito. Minha parte preferida é quando eu viro para meus amigos e pergunto o que eles acharam, para ver se eles notaram os mesmos detalhes que eu. Você compartilha tudo o que viu, o que lhe assustou ou o que fez você rir. Quando terminar de compartilhar histórias, você estará pronto para superar a sua próxima experiência.

O que esperar

Halloween Horror Nights During the Day

Ser corajosa e sair da minha zona de conforto para começar a frequentar o HHN criou inúmeras lembranças felizes para mim, e quero encorajar outros não-fãs de terror a dar esse salto e vivenciar as mesmas recompensas. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a enfrentar seus medos em sua primeira visita:

· Visite o Universal Studios durante o dia. Para ganhar confiança antes da noite na neblina, conheça o Parque durante o dia. Procure alguns locais tranquilos onde você possa fazer uma pausa do agito ou encontre um lanchinho ou drinque do evento do ano que você esteja a fim de comprar mais tarde, à noite.

· Traga amigos ou familiares solidários. Ir ao HHN com pessoas que apoiam você tornará sua visita mais divertida. Algumas das melhores pessoas para trazer são aquelas que adoram visitar o HHN e já estiveram no evento no passado – elas podem compartilhar histórias de seus momentos favoritos nos anos anteriores, oferecer alguma proteção nas zonas de terror e apontar detalhes que talvez você esteja distraído demais para notar. Mais importante ainda, seus amigos e familiares podem animar você quando estiver nervoso e comemorar junto depois de você vencer seus medos.

· Encontre seus favoritos. Prepare-se para sua visita conferindo o site do HHN. Onde estão as zonas de terror e sobre o que são? Quais são as histórias por trás das casas este ano? Procure temas e histórias do seu interesse e comece a noite por aí. Você ficará tão envolvido em observar o enredo e os detalhes que começará a apreciar como o terror ganha vida.

· Procure evitar distrações ao caminhar pelo evento. Um visitante desavisado em seu telefone é o alvo perfeito para um susto na zona de terror! Esteja presente no momento com seus amigos e familiares, para que você aproveite a experiência completa e não seja pego de surpresa.

· Observe os outros apreciando a paisagem o terror. Não está pronto para entrar de cabeça nos sustos assim que chegar? Procure um local dentro ou perto de uma zona de terror de onde você possa observar outros visitantes interagindo com os personagens e vivenciando a história. Tente identificar como os detalhes dos adereços, cenários e ação apoiam a descrição da zona de terror. Isso ajudará você a reconhecer a arte e a criatividade que estão presentes em cada elemento do evento.

· Procure os tempos de espera mais curtos. Especialmente para sua primeira experiência numa casa, encontre o menor tempo de espera, para que você não perca a coragem antes de entrar. A expectativa pela experiência em sua mente nunca vai dar conta do quão divertido é estar imerso na história. Depois de passar pela entrada, você de repente descobrirá que está menos nervoso do que estava do lado de fora!

· Tente ir mais de uma vez. Sua primeira visita a uma casa ou zona de terror será emocionante e intensa – há muito para ver, ouvir e até cheirar! Se tiver tempo, tente ir às suas casas e zonas de terror preferidas mais de uma vez; na segunda visita, você terá uma noção melhor do que vai vivenciar e terá mais oportunidades de observar a história, os personagens e os detalhes. Percebo novos sustos e efeitos a cada nova visita!

Embora eu ainda evite assistir a filmes de terror, descobri que essas dicas me ajudaram a ficar um pouco mais confiante para frequentar o HHN a cada ano. Agora vivo pela emoção, pelas histórias e pela imersão! Mesmo que você não seja um fã de terror, espero que dê uma chance ao evento. Saia da sua zona de conforto, reúna suas pessoas favoritas e vivencie o evento por si mesmo. Tenho certeza de que sua bravura valerá a pena!

Você está pronto para criar coragem e visitar o HHN? Tem alguma outra dica para compartilhar com os não-fãs de terror como eu? Conte pra gente nos comentários abaixo ou marcando nossa página do Instagram. Espero ver você no nevoeiro em breve!

Epic in your Inbox

Never miss a thrill. Subscribe now to get email updates from Universal Parks & Resorts.

Share
Facebook Share on Facebook X Share on X / Twitter Pinterest Share on Pinterest

You Might Also Like


No Comments

Leave a Reply